Esqueça as dietas. O essencial é ser saudável. A pergunta é, o que é saudável? Cada nutricionista tem as suas ideias...

Este blog contem, então, as dicas, ideias, recomendações, receitas e experiências que tenho para partilhar após 3 meses de um estilo de vida mais saudável e 12 kg a menos!

---

Nota: Não sou nutricionista, nem personal trainer, nem tenho nenhuma acreditação profissional. Tudo o que partilho neste blog é o que fui descobrindo e o que percebi que funciona.

 

familialc asked
Hi! O que recomendar a 2 jovens de 18 anos com excesso de peso (ou obesidade?) com pouco tempo para corridas e a estudar numa escola onde a comida da cantina não é a mais saudável?

Mais pormenores seriam optimos (por exemplo altura, peso e tempo disponível), mas vou tentar ajudar :)

A comida na cantina não é, de certo, a única opção. Eu, por exemplo, preparo na noite anterior comida para levar comigo para a faculdade quando sei que tenho de almoçar por lá. Se a refeição em si é difícil (porque muitas faculdades não têm microondas à disposição, por exemplo) vale mais apostar em vários pequenos lanches, de preferencia cheios de proteinas (carne, queijo, iogurte) e fibras (vegetais ou bolachas com fibra e sem açucar, a proalimentar tem umas muito boas).

De qualquer das maneiras o melhor, embora dê, obviamente, algum trabalho, é verificar o número de calorias que se consomem num dia. Escrever como um diário com *tudo* o que se come (mesmo aquela batata frita que foi, na realidade, só uma, ou aquela bolacha ou assim) ajuda bastante a ver onde está o problema.

Para além disso muita água. 2 litros de água, pelo menos. Acalma a fome, ajuda a eliminar toxinas e mais um milhão de coisas. Vai ser wc de 20 em 20 min, principalmente no início, mas vale a pena.

Quanto a tempo para correr, bem, não é preciso muito. Com o programa C25K precisam-se de cerca de 40 min para a corrida em si, portanto 1h no total. Mesmo que seja só uma vez por semana já é melhor do que nada. Para além disso subir escadas em vez de elevadores, andar o máximo em vez de apanhar transportes sempre que possível, se possível tentar fazer algum tipo de exercício que aumente a frequência cardiaca 3 vezes por semana, pelo menos.

No geral tentar ter um estilo de vida saudável - o mínimo de alimentos processados (vejam as etiquetas, se há palavras “esquisitas” é esquecer logo), o máximo de exercício possível, mesmo que seja só por uns minutos é melhor do que nada, o máximo de água possível, o mínimo de bebidas alcoolicas (eu tenho 19 anos e sou ERASMUS e sobrevivo ;)), porções pequenas várias vezes ao dia (parece que se come mais se se comer mais vezes)…

Mas se eu puder saber mais pormenores posso ajudar um bocadinho mais, acho eu :)

Tanto para dizer que não sei por onde começar

É verdade, tenho tantos temas em mente que não sei bem por onde começar - não sei o que é mais importante/urgente.

Eu deixo a lista, talvez me possam ajudar? Ou talvez tenham outras ideias/questões?

  • Melhor lanche ou “entretém-estomago”;
  • Oleos e gorduras para cozinhar;
  • Que exercício fazer?;
  • Fazer tudo certo e o peso não mudar, é possível?;
  • Yoga;
  • Abdominais;
  • Ler as etiquetas dos produtos que compramos;
  • Bebidas com gas;
  • Alcool;
  • Adoçantes;
  • Motivação;
  • Não há “é só hoje”;
  • Hidratos de carbono processados;
  • Café;
  • Leite;
  • Calorias - de onde devem vir?

Ajuda?

Anonymous asked
Gostei muito da tua ideia,e devo confessar que já conheço alguêm que já sê deixou enfluenciar pelo teu entusiasmo ,e pela forma natural como apresentas as tuas experiências bravo !!!!!!muitas beijocas.

Muito obrigada! Espero continuar a ajudar na preparação de um estilo de vida mais saudável! :)

xo

Apresentações

Depois da minha mãe insistir que eu devia partilhar os meus (recentemente adquiridos) conhecimentos e de a ter inspirado, para além de várias outras amigas minhas, a tentar seguir os meus passos, decidi que estava na altura de abrir um blog.

Não tenho qualquer tipo de formação na área da nutrição e do fitness e, possivelmente, muitos nutricionistas vão discordar com aquilo que digo. Mas eles fazem dinheiro com o caso e eu… partilho por achar que alguém devia ter partilhado isto comigo antes (o dinheiro é sempre bem vindo, está claro!).

Na barra lateral há um link para um pequeno texto sobre quem eu sou e sobre a minha viagem, por isso não me vou alongar sobre o caso. O que precisa de ficar dito já é:

  • Esqueça tudo aquilo que sempre lhe disseram;
  • Esqueça a palavra dieta. É uma palavra com conotações muito negativas. Não se está a fazer uma dieta, está-se a ser/ficar saudável.
  • Seja saudável, acima de tudo - e “saudável” quer dizer não fazer um drama por ter comido chocolate ou por lhe apetecer uma fatia daquele bolo… Não vai ficar para sempre nas ancas, não. É preciso ser-se saudável. Ser-se equilibrado.

Por enquanto, estas são as recomendações!

Perguntem-me (é possível intervir como anónimo) o que quiserem, que eu tentarei responder com o que sei ou procurarei aprofundar o tema para responder ao que não sei!

- xo. Sofia